Pular para navegação
Pampers© amor sonhos & brincadeiras
Bem-vindo(a)  
Cadastre-se   ou   Entrar 
Brasil

Fortaleça seus ossos com cálcio

0   Pessoas comentaram
nesse artigo
 
99
 
0
Social Sharing

calcio para crianças

Fortaleça seus ossos com cálcio Suzanne Dixon, doutora e mestre em saúde pública, conta que

“quando era estudante de medicina, um pediatra veterano disse que, sem uma boa fonte de cálcio, as crianças não cresciam direito. Embora isso não tenha sido comprovado, estamos cada vez mais conscientes do importante papel desse mineral no desenvolvimento de ossos fortes, dentes saudáveis e de várias outras importantes funções orgânicas. O armazenamento de cálcio nos primeiros anos de vida é ainda mais importante para as meninas, pois ajuda a proteger contra a osteoporose. Tenho observado como é difícil vermos um bom crescimento em crianças que não bebem leite, a fonte mais comum de cálcio na infância. Quando trabalhei na África, as crianças que viviam em casas onde havia vaca leiteira cresciam bem, o que não ocorria com as crianças que não possuíam essa fonte. No mundo desenvolvido, há muitas opções nutricionais, mas às vezes os pais não sabem como alimentar as crianças de forma balanceada. A equipe do Cincinnati Children’s Hospital Medical Center nos permitiu reproduzir um artigo sobre cálcio extraído de sua revista para pais e mães, Young and Healthy. Acredito que vocês acharão útil”.

 Contando com o cálcio
 As dez principais fontes de cálcio
 Acrescentando cálcio à cozinha

Contando com o cálcio

O cálcio é um dos mais valiosos minerais. É vital para o desenvolvimento de ossos e dentes fortes nas crianças. Uma grande quantidade de cálcio ingerido nas primeiras décadas de vida pode nos conservar ágeis e eretos nos últimos anos de vida.

Segundo Therese O’Flaherty, pediatra especialista em nutrição do Aerodigestive and Sleep Center do Children's Hospital Medical Center of Cincinnati, “O cálcio desenvolve e conserva os ossos e os dentes, e auxilia a absorção de outros minerais”. “As crianças precisam de cálcio nos primeiros anos de vida, mas principalmente durante as duas principais fases de crescimento. A primeira fase começa quando ainda são bebês, até cerca dos três anos. A segunda começa na puberdade. É extremamente importante que a criança receba cálcio suficiente para desenvolver os ossos e armazenar um suprimento dele para o futuro".

O organismo aceita novos depósitos de minerais para reconstituir os ossos velhos até os 30 e poucos anos. A partir dessa idade, é mais fácil perder massa óssea do que ganhá-la. A osteoporose, o enfraquecimento gradual dos ossos, afeta aproximadamente 25 milhões de norte-americanos, em sua maioria mulheres. O consumo de cálcio nos primeiros anos é vital para a prevenção da doença.

Segundo O'Flaherty "para as crianças, os derivados do leite são, sem dúvida, a forma mais fácil de obter o cálcio necessário". "O cálcio está no leite, no queijo, no sorvete e no iogurte, que são enriquecidos com vitamina D para ajudar na absorção do cálcio. Vegetais de folhas bem verdes, como brócolis e couve, também são boas fontes de cálcio".

No entanto, um número cada vez maior de crianças e famílias trocam o leite por refrigerantes e sucos, o que pode impedir que as crianças obtenham as doses diárias necessárias de cálcio. Essa deficiência pode causar problemas de crescimento e câimbras. Os pediatras podem diagnosticar a deficiência de cálcio através de radiografia para avaliar a densidade óssea.

Para aumentar o consumo de cálcio, os pais devem sempre ter em casa cereais, pães e outros produtos enriquecidos com cálcio, assim como sucos de laranja e maçã.

Existem alternativas para as crianças que apresentam intolerância à lactose ou alergia às proteínas do leite. O’Flaherty afirma que as crianças podem tomar suplementos contendo cálcio. "Distribua as doses ao longo do dia para ajudar a absorção. A criança não deve tomar uma vitamina com ferro ao mesmo tempo que o cálcio, pois os dois competem pela absorção."

Conforme forem aprendendo a saborear alimentos diferentes, as crianças podem explorar outras fontes de cálcio, como tofu, salmão ou sardinhas. Diz O’Flaherty: “Para ter a garantia de que a criança está ingerindo uma quantidade suficiente de cálcio, estimule a ingestão de laticínios.”

As dez principais fontes de cálcio

Alimento Porção Cálcio (mg)
Leite, líquido 1 xícara 300
Leite, em pó 1 colher de sopa 60
Queijo natural ou processado 28 g 200
Iogurte 1 xícara 300
Sardinha em lata 90 g 250
Nozes e sementes 2 colheres de sopa 20-40
Tofu com lactato de cálcio 110 g 50-250
Tortilhas de milho 1 60
Vegetais verdes folhosos, comuns ½ xícara 100
Suco de laranja enriquecido com cálcio ½ xícara 160


Acrescentando cálcio à cozinha

Experimente as dicas da autora e nutricionista Ellyn Satter para incorporar o cálcio à alimentação das crianças que não bebem leite.

  • Faça mingau, arroz doce e pudim de pão.
  • Adicione leite a cereais cozidos, sopas e molhos.
  • Faça uma vitamina com leite e frutas.
  • Acrescente leite em pó à carne moída para preparar hambúrgueres mais suculentos e aos pratos feitos no forno para que tenham uma consistência mais cremosa.

 
Social Sharing
 
0

Comentários dos membros

pergunta sobre implementaçao de alimentos com calcio
minha filha tem 5 meses como faço pra ja ir incluindo e que quantidade de calcio ponho na alimentaça..

Você pode gostar de

Limpeza eficiente e delicada

Saiba mais sobre Toalhinhas Pampers Fresh
Toalhinhas Pampers Fresh