Voar e viajar durante a gravidez

Voar e viajar durante a gravidez

Há vários fatores que podem afetar viagens durante a gravidez:

  • O estágio da sua gravidez quando a viagem for planejada
  • Se houve alguma complicação durante a gravidez
  • O tipo de transporte sendo considerado: carro, trem ou avião
  • A distância que a viagem levará você de casa. 
  • Seguro viagem –assegure-se de ter cobertura para a sua viagem planejada

Etapa da gravidez:  Implicações da viagem

Viajar durante os primeiro e segundo trimestres é geralmente considerado seguro, embora possa ser mais cansativo que o normal.

Viajar durante o primeiro trimestre da gravidez pode trazer alguns desafios, especialmente se você tiver   ou fadiga. E o risco de sangramento ou perda do bebê é maior durante estes meses.

O segundo trimestre é quando você provavelmente se sentirá melhor e terá mais energia em sua gravidez.  Esta é a melhor ocasião para uma viagem. Na verdade, tirar férias ou fazer um ‘babymoon’ com seu parceiro durante este período pode ser a chance ideal para se divertir juntos, antes de o bebê chegar!

Viajar no terceiro trimestre pode ser desconfortável e traz mais riscos, pois você pode entrar em trabalho de parto muito longe dos seus médicos e do hospital.

Algumas companhias aéreas não permitem que mulheres nas últimas semanas de gravidez embarquem sem uma carta de autorização do médico’.  Tudo depende da distância do voo (doméstico ou internacional) e da companhia aérea que você for usar.   Em geral, esta carta deve ser redigida 72 horas antes do embarque. 

Como pode ser difícil para a companhia aérea julgar sua gravidez, é uma boa ideia consultar seu médico sobre sua próxima viagem.  Assegure-se de pedir uma nota de autorização e leve-a consigo, para evitar problemas no aeroporto, especialmente se seu voo for internacional.

Tipos de viagem

Viajar de carro provavelmente é o meio mais confortável durante a gravidez. Ao dirigir ou andar de carro, pare a cada uma ou duas horas e caminhe um pouco, para esticar as pernas —isso melhorará a circulação. Lembre-se de sempre usar o cinto de segurança. Coloque a parte do colo sob seu abdome e posicione a parte do ombro entre seus seios.

Voar não deve causar problemas nos primeiros dois trimestres, e assegure-se de:

  • Planejar o seu cronograma para não ter de se apressar e ter muito tempo entre voos de conexão
  • Solicitar um assento no corredor, para ter um pouco mais de espaço e ir facilmente ao banheiro, quando necessário.
  • Caminhar pelo corredor a cada hora, para melhorar a circulação em suas pernas.
  • Quando estiver sentada, flexione seus pés na direção de seu rosto e depois faça círculos.
  • Usar meia calça de apoio ou meias para voo também estimula a circulação em suas pernas, quando tiver de ficar sentada por muito tempo.
  • Beber muita água ou suco, para ficar bem hidratada.

Viajar de barco, particularmente se for um grande cruzeiro, também não deve causar problemas, particularmente nos dois primeiros trimestres. E a maioria dos cruzeiros tem equipe médica a bordo, caso precise de ajuda. Se você estiver sensível a movimentos, tome remédios para evitar enjoo; pergunte ao seu médico qual medicamento é seguro tomar durante a gravidez. Você também pode usar as pulseiras de acupressão contra enjoos, disponíveis em qualquer farmácia.

Distância da viagem

Se você planeja viajar para longe de casa, assegure-se de que há boas fontes de cuidados médicos em seu destino. Leve os registros da gravidez consigo, incluindo exames, medicamentos que você está tomando, seu tipo sanguíneo e outras informações que poderão ser úteis quando estiver longe de casa.

Se você tiver de viajar para fora do país, é importante levar cópias de suas receitas para medicamentos, caso você perca seus remédios. Garanta que suas vacinas estejam atualizadas antes de viajar a países que exigem vacinação, e lembre-se que algumas vacinas não são seguras para serem atualizadas durante a gravidez.

Esteja ciente de que mudanças no clima ou na altitude, e tipos de comida, aumentam seu desconforto durante a gravidez. Limite seus exercícios por alguns dias após chegar ao seu destino, particularmente se o clima for quente ou se a altitude for alta; isso permitirá que seu corpo se ajuste a estas mudanças.

Além das considerações acima, sempre consulte seu médico antes de planejar uma viagem, particularmente se você passar por mudanças de altitude. Você poderá obter um contato médico em sua área de destino, caso precise consultar um médico enquanto estiver longe de casa.

Com um pouco de planejamento antecipado e com algumas precauções inteligentes, viajar durante a gravidez pode ser seguro e agradável. Bon voyage!

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Recém-Nascido

Nossa fralda mais seca e mais suave