Assaduras provocadas por fraldas: Tratamentos e soluções

Assaduras provocadas por fraldas: Tratamentos e soluções

Se você’ estiver percebendo que a área da fralda ’do seu bebê parece um pouco vermelha ou irritada, as chances são de que sejam assaduras. Pampers está aqui para apoiá-la quando se trata de proteger a pele ’do seu bebê, prevenir e tratar assaduras para ajudá-las a sarar o mais rápido possível.

O que é a assadura provocada por fraldas?

A assadura provocada por fraldas é uma forma comum de inflamação da pele que pode ter aparência vermelha ou com calombos em torno da área da fralda do’ seu bebê.

Os sintomas da assadura provocada por fraldas

Se a área da fralda do ’seu bebê parecer irritada e vermelha, as chances são de que sejam assaduras provocadas por fraldas. A pele também pode estar um pouco inchada e quente quando você tocá-la. As assaduras provocadas por fraldas podem ser moderadas – algumas manchas vermelhas leves e espinhosas em uma área pequena – ou extensa, com inchaços vermelhos que se espalham pela barriga e coxas ’do seu bebê. Para exemplos de como pode ser a aparência da assadura provocada por fraldas, visite o site da Mayo Clinic em: 

.

Se a erupção também tiver calombos rosa avermelhados em torno de uma mancha vermelha na área da fralda ou ao redor da boca do seu bebê, ela pode já ter avançado para uma candidíase, que precisa ser tratada com remédios antifúngicos.

Já que seu bebê não pode dizer em palavras exatamente o que está errado, ele pode expressar seu desconforto por mer meio de choro e irritabilidade, especialmente em tempos de troca de fraldas e, possivelmente, com uma perda de apetite.

Assaduras provocadas pelas fraldas: tratamentos e soluções

Para tratar assaduras, é ’importante trocar as fraldas do seu bebê com frequência para reduzir a umidade na pele.  Aqui estão algumas outras dicas para ajudar a tratar o bumbum ’do seu bebê:

  • Deixe a pele de seu bebê respirar, passando um pouco de tempo todo dia sem fralda.
  • Depois de uma evacuação, limpe o bumbum do seu bebê completamente e seque antes de colocar uma fralda.
  • Espalhe uma espessa camada de pomada contendo óxido de zinco ou vaselina, ou alguma recomendada pelo médico do seu bebê, para evitar que a urina chegue à pele irritada.
  • Pense se você mudou’ recentemente a dieta do ’bebê ou qualquer outra coisa no ambiente do’ bebê que poderia estar causando uma erupção cutânea.
  • Ligue para o seu profissional de saúde se a erupção não melhorar depois de alguns dias, ou se bolhas ou calombos com pus aparecerem.

Prevenindo a assadura provocada por fraldas

Apesar de assaduras provocadas por fraldas serem bastante comuns, aqui estão algumas dicas para manter o bumbum do ’seu bebê livre de assaduras:

  • Certifique-se de trocar as fraldas do seu bebê o mais rápido possível depois de terem ficado molhadas ou sujas.
  • Limpe o bumbum do bebê completamente após cada evacuação e deixe que a área seque, tomando cuidado para não esfregar a pele demais ou com muita força.
  • Cubra o bumbum do seu bebê com uma camada fina de pomada de proteção ou vaselina.
  • Quando colocar uma fralda limpa, tenha certeza de que ela está confortável, não muito apertada nem muito solta, permitindo que um pouco de ar circule.
  • Considere o uso de uma fralda descartável, tal como a Pampers Swaddlers , que tem uma camada fina de loção na folha superior para ajudar a manter seca a delicada pele ’do bebê.
  • Se o seu filho estiver tomando antibióticos ou tiver diarreia, vigie sempre a área da fralda e troque as fraldas com maior frequência.

Para mais informações sobre assadura provocada por fraldas, baixe a ficha informativa sobre o Básico da Assadura Provocada por Fraldas aqui:

O que mais pode causar uma erupção cutânea na área da fralda que não seja assadura?

O que você acha que é assadura no bumbum do seu filho pode muito bem ser outra condição leve da pele de criança. Por essa razão, é importante reconhecer a diferença entre assaduras provocadas por fraldas e outras doenças comuns, assim você pode tratar cada uma de forma eficaz. Impetigo, dermatite seborreica e brotoeja são as condições mais comuns confundidas com assaduras provocadas por fraldas.

Impetigo

Uma infecção bacteriana contagiosa da pele que aparece na área da fralda e no rosto e mãos, com espinhas e feridas cor de mel com cascas que viram bolhas e coçam. Por essa condição ser contagiosa, todos os membros da família devem lavar as mãos frequentemente com sabão antibacteriano para impedir a sua propagação. Se você vir esse tipo de ferida, ligue para o pediatra, que provavelmente prescreverá um creme antibiótico ou antibiótico oral.

Dermatite seborreica

Uma condição comum de pele que pode afetar bebês em seu primeiro ano. Você encontrará manchas vermelhas ásperas cobertas com escamas grossas brancas ou amarelas na virilha de seu bebê, genitais e na parte inferior do abdômen; quando manchas similares aparecem no couro cabeludo, a condição é conhecida como crosta láctea. Tente aplicar, por conta própria, uma pomada de cortisona ou hidrocortisona nas áreas afetadas e mantenha o bebê limpo e seco. Se a condição não melhorar logo, consulte seu pediatra, que pode receitar um creme de cortisona mais forte.

Brotoeja

O calor e a umidade podem resultar em brotoeja, causada quando a transpiração se acumula na pele e é incapaz de se evaporar. Menos comum após os 3 meses, essa condição se parece com uma erupção de acne, com saliências rosas muito pequenas, e pode aparecer nas dobras da pele na área da fralda, especialmente onde o revestimento plástico do contorno ou cobertura da fralda toca a pele. Umidade e aquosidade são as principais causas de brotoeja. Verifique se o seu filho não está com agasalhos demais e que sua pele permaneça seca. Se a brotoeja parecer grave, é hora de entrar em contato com o seu profissional de saúde.

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Recém-Nascido

Nossa fralda mais seca e mais suave