Quando seu filho completa 1 ano e 10 meses, ele pode ficar um pouco mandão e mostrar alguma atitude mais teimosa. Você pode se perguntar como e quando estabelecer limites para o comportamento dele, enquanto tenta encorajar coisas como bons hábitos alimentares. É normal sentir que você está descobrindo à medida que avança, assim como seu filho. Este momento será uma aventura imprevisível para vocês dois, então prepare-se!  

 

Marcos do desenvolvimento infantil  

Seu filho está aprendendo e crescendo com o passar dos meses, e é divertido incentivá-lo enquanto ele evolui em várias frentes. Cada criança se desenvolve em sua própria linha do tempo, mas você pode ver seu filho fazer algumas das coisas a seguir quando chega nesta idade, ou um pouco antes ou depois:  

 

  • Ficar na ponta dos pés. Por volta dessa idade, seu filho pode ser capaz de ficar na ponta dos pés. Tenha muito cuidado para manter as coisas embaladas, pois ele pode estar usando esses poucos centímetros extras para alcançar objetos em uma mesa ou prateleira.  

  • Seguir as instruções simples. Agora ou nos próximos meses, seu filho poderá entender e seguir instruções simples que você lhe der, como pegar um brinquedo ou sentar-se.  

  • Sentar na cadeira do chefe da casa. Não se surpreenda se seu filho ficar um pouco mandão, dizendo a você qual papel você desempenha em suas atividades conjuntas e até mesmo instruindo-o sobre o que você precisa fazer e quando.  

  • Repetir as palavras de volta. Seu filho pode estar mais atento do que você imagina. Você pode notar que seu filho repete as palavras que ouviu você dizer em conversas, então preste atenção no que você diz perto dele.  

Como apoiar o desenvolvimento do seu filho de 1 ano e 10 meses  

Há muita coisa que você pode fazer para apoiar o seu filho nessa fase de  desenvolvimento. Aqui estão apenas algumas estratégias que você pode tentar:  

  • Ser encorajador. Incentive seu filho respondendo com entusiasmo às novas habilidades que ele está dominando. Responder positivamente ao bom comportamento e perceber suas realizações irá encorajar seu filho a continuar aprendendo.  

  •  Ficar de olho em suas explorações curiosas. Seu filho nessa fase está se tornando mais ágil e independente e quer explorar o mundo dele. Embora esteja apenas começando a aprender sobre causa e efeito, ele ainda não desenvolveu o bom senso e a capacidade de pensar sobre as coisas. Certifique-se de que você está disponível para supervisionar as suas descobertas e passar a segurança que ele precisa para desenvolver suas habilidades de sentido.  

  • Ensinar sobre segurança dentro casa. Use termos simples para explicar a sua criança curiosa sobre segurança. Diga a ele para não tocar no fogão ou na panela porque está quente e não se aproximar de plugues ou objetos pontiagudos. Se ele perguntar por quê, tente responder brevemente - diga que está quente ou vai doer. Lembre-se de que explicar essas coisas algumas vezes não significa que você pode relaxar sua vigilância, já que ele não entende totalmente o conceito de consequências e não sabe como se manter fora de perigo.  

  • Incentivar a aprendizagem por meio de brincadeiras. Brincar é a melhor maneira de ajudar seu filho a aprender, então ajude-o a ser criativo durante a hora de brincar. Você pode fornecer brinquedos que incentivem jogos de faz-de-conta, como blocos e conjuntos de cozinha, ou ajudá-lo a montar um forte usando lençóis e algumas cadeiras que podem se tornar um foguete ou uma barraca em uma expedição de acampamento. Trabalhar em quebra - cabeças  ou  fazer artes e ofícios juntos  também pode ajudar a estimular seu filho.  

  • Organize playdates. Brincar com outras crianças ajuda seu filho a desenvolver habilidades sociais e também oferece a ele a chance de fazer amigos. Leve seu filho ao parque local e deixe-o brincar com outras pessoas, se juntar a um grupo de brincadeiras ou encontrar-se com amigos que tenham filhos da mesma idade para que seus filhos possam brincar juntos enquanto você toma um café.  

  • Leia para o seu filho pequeno. Enquanto muitas crianças adoram subir no colo e se aninhar na hora da história, outras têm mais dificuldade em ficar quietinhas e só ouvindo. Se o seu filho de 1 ano e 10 meses é um feixe de energia, não há problema em deixá-lo ficar de pé enquanto você lê. Com o tempo, sua capacidade de atenção aumentará, mas, enquanto isso, escolher um livro mais curto pode ser melhor. As crianças adoram a repetição, o que as ajuda a aprender, por isso, se o seu filho tiver um favorito que quer ouvir sempre, vá em frente.  

 

Horários das refeições e cardápios adequados  

Seu filho precisa de uma variedade de alimentos nutritivos para um crescimento e desenvolvimento saudáveis. Ele pode ficar sem energia rapidamente, então refeições e lanches mais frequentes são uma boa ideia. A maioria das crianças dessa idade ficam bem com 3 refeições saudáveis e 2 lanches por dia.  

Não há problema se seu filho pular uma refeição ou um lanche aqui e ali, ou se quiser comer mais às vezes. O segredo é oferecer uma escolha de alimentos saudáveis e deixar seu filho escolher o que comer. Você pode se surpreender ao saber que, ao longo de alguns dias, a dieta do seu filho vai se equilibrar naturalmente para garantir que ele receba os nutrientes de que precisa.  

Inclua hábitos saudáveis    

 A obesidade é uma preocupação para pessoas de todas as idades, incluindo crianças. A boa notícia é que formar bons hábitos e fazer pequenas mudanças na infância pode ajudar a manter seu filho com um peso saudável e prevenir a obesidade no futuro. Lembre-se de que é importante não criar relações prejudiciais com os alimentos, ao mesmo tempo que incentiva a alimentação saudável.  

 

Aqui estão algumas coisas que você pode fazer agora para encorajar hábitos saudáveis:  

  • Incentive a atividade e o movimento. Ajude seu filho a se mover e seja ativo tanto quanto possível. As crianças aprendem pelo exemplo, então trabalhe para viver uma vida ativa você mesmo. Você e seu filho podem gostar de dançar uma música divertida, brincar com uma bola ou até mesmo correr e perseguir um ao outro, por exemplo. A Associação Nacional de Esportes e Educação Física (NASPE) recomenda que você obtenha 30 minutos por dia de brincadeira ativa supervisionada com seu filho e 1 hora por dia de brincadeira livre.  

  • Estabeleça bons hábitos alimentares. Ofereça uma variedade de alimentos saudáveis nos momentos apropriados e deixe seu filho decidir quando ele está satisfeito e já bebeu o suficiente. Não tente controlar o que ele come insistindo para que ele limpe o prato, por exemplo, pois isso pode afetar a capacidade do seu filho de regular-se.  

  • Escolha lanches nutritivos. Ofereça  lanches saudáveis , como frutas, laticínios com baixo teor de gordura e alimentos integrais em vez de biscoitos e batatas fritas.  

  • Não o deixe encher de doces. Se o seu filho não quiser comer a refeição principal, tudo bem, mas evite dar-lhe biscoitos ou doces depois de recusar a refeição, pois isso pode fazer com que ele desenvolva um gosto por alimentos com calorias vazias em vez de alimentos ricos em nutrientes.  

  • Coma na mesa. Guarde os telefones, desligue a TV e façam uma refeição em família à mesa. Refeições familiares relaxadas com conversas promovem o vínculo e ajudam a desenvolver as habilidades de comunicação e a autoestima do seu filho.  

Se você tiver alguma dúvida sobre como incentivar a atividade física e a alimentação saudável, peça orientação ao médico do seu filho.  

Lidando com a constipação  

Identificar a constipação pode ser complicado, pois os padrões intestinais variam. Algumas crianças podem passar dois ou três dias sem evacuar e não ficarem constipadas. No entanto, se você notar algum dos seguintes sintomas, pode ser constipação:  

 

  • É desconfortável ou doloroso para o seu filho evacuar  

  • Depois de alguns dias sem evacuar, as fezes estão grandes, duras e secas  

  • Há sangue nas fezes do seu filho  

  • Seu filho sofre tensão por mais de 10 minutos, mas não expele absolutamente nenhuma fezes.  

Se você suspeita que seu filho pode estar constipado, existem algumas coisas que podem ajudar:  

  • Adicione alimentos ricos em fibras à sua dieta. Alimentos como ameixas, damascos, ameixas, brócolis e cereais e pães integrais podem ajudar a manter as coisas funcionando.  

  • Dê ao seu filho mais água ou suco sem açúcar. Água ou suco de frutas sem açúcar podem ajudar com a constipação. Sucos de frutas como maçã, pêra ou ameixa contêm um laxante natural, que pode ajudar a soltar as fezes de seu filho.  

Se seu filho ainda está lutando com constipação após modificações em sua dieta, verifique com seu médico, que pode recomendar ou prescrever um medicamente leve infantil.  

Hora de ir para cama   

Seu filho precisa de cerca de 11 a 14 horas de sono por dia, e nessa idade, pode tirar 1 cochilo por dia.  

Os bebês se dão melhor com uma rotina, mas isso não significa que eles sempre irão para a cama ou dormirão dentro do programado todas as noites. Você pode descobrir que está lutando para levá-lo para a cama conforme planejado.  

A hora de dormir nem sempre sai conforme o planejado  

O sono de seu filho é importante, mas como pai, você não deve se preocupar se as coisas nem sempre vão bem. Faça um esforço para colocar seu filho na cama no mesmo horário todas as noites , mas não se preocupe se isso acontecer mais tarde do que o planejado na ocasião.  

A vida é emocionante para seu filho, e coisas como receber um convidado ou um novo brinquedo podem fazê-lo querer ficar acordado além da hora de dormir. Manter a excitação ao mínimo nas horas antes de dormir e um banho relaxante ou uma história para dormir pode ajudá-lo a relaxar.  

Se ele acordar até tarde em uma noite, tente voltar ao normal na noite seguinte e ajude-o a voltar à sua rotina e horário de dormir habituais. Uma noite estranha aqui e ali não fará diferença à longo prazo.  

Um dia na vida de sua criança  

 

Embora você possa argumentar que não existe um dia "típico" com uma criança dessa idade, aqui está uma relação de como seria um dia normal em sua casa: 

Ehub PampersLATAM Imágenes para nuevos artículos EEUU a day in the life22 BR

O bem-estar da criança: desenvolvendo inteligência emocional  

Quando seu filho está com 1 ano e 10 meses, ele está sentindo muitas emoções novas, mas pode não saber como expressá-las. Seu filho aprende observando todos ao seu redor, especialmente seus pais! Aqui estão algumas estratégias para ajudar seu filho a desenvolver inteligência emocional:  

  • Destacando quando alguém divide algo. Quando o compartilhamento acontecer entre os adultos ou qualquer criança mais velha em sua casa, certifique-se de que seu filho está ciente disso. Talvez até diga que a mamãe está dividindo o chocolate com o papai, para que seu filho comece a entender o conceito de compartilhar e como é bom fazer.  

  • Expressando suas próprias emoções. Seu filho dessa idade espera que você o ensine e possa copiar seu comportamento. Você pode ajudar seu filho a aprender como comunicar emoções, explicando seus sentimentos de maneira construtiva. Portanto, se você estiver se sentindo frustrado, em vez de gritar, sinta-se à vontade para compartilhar seus sentimentos da maneira adequada. Por exemplo, diga “Papai está frustrado hoje” quando você está preso no trânsito em vez de bater no volante. Isso ajuda a ensiná-la a vocalizar suas próprias emoções.  

  • Recompensar o bom comportamento com atenção. Quando seu filho estiver fazendo algo de que você gosta, observe isso e dê-lhe toda a atenção. Reforçar o comportamento positivo dele e sua atenção e aprovação aumentam a sua autoestima e é a forma mais produtiva de encorajar o bom comportamento no futuro. Quando ele está se comportando mal, tente ignorar o mau comportamento (contanto que você a tenha impedido de fazer qualquer coisa insegura) e dê a ele o mínimo de atenção, o que a ajudará a aprender que fingir não vale a pena.  

Resumo das Perguntas frequentes  

  • O que pode fazer uma criança de 1 ano e 10 meses?  

Você pode notar que ela está mais curiosa e independente e anda com mais confiança agora. Ela pode até ser capaz de falar mais palavras, talvez até dizer algumas frases de duas palavras. Lembre-se de que cada criança é única e que nem todas as crianças dessa idade atingirão os mesmos marcos ao mesmo tempo.  

  • O que meu filho de 1 ano e 10 meses deve comer?  

Uma dieta saudável e equilibrada que inclua alimentos ricos em proteínas, laticínios, grãos inteiros e uma variedade de frutas e vegetais é a melhor opção para seu filho em crescimento. Procure oferecer três refeições e dois lanches saudáveis por dia.   

  • A que horas meu filho de 1 ano e 10 meses deve ir para a cama?  

Não existe um momento ideal para colocar seu filho na cama. Fique atento para quando seu filho tende a ficar com sono e defina-o como a hora de dormir, mantendo esse horário de forma consistente.  

  • Como posso conversar com meu filho de 1 ano e 10 meses?  

Converse com seu filho ao longo do dia e incentive as conversas ouvindo o que ele tem a dizer e respondendo. Ler histórias juntos e incentivar o envolvimento de seu filho, pedindo-lhe que diga algumas das palavras com você, também ajuda no desenvolvimento da linguagem. Se você tiver alguma dúvida, consulte o médico do seu filho.   

 

Sua vida como pai ou mãe: Lidando com o mau comportamento  

Os bebês têm a reputação de serem pequenos terrores, especialmente quando sentem excesso   e outros tipos de comportamento agressivo começam a aparecer. Aqui estão algumas idéias para você ajudar a manter os próximos “ dois terríveis ” à distância e conter quaisquer tendências agressivas:de raiva  e outros tipos de comportamento agressivo. Aqui estão algumas idéias para você ajudar a manter os próximos “ ataques terríveis ” à distância e conter quaisquer tendências agressivas:  

 

  • Entenda que as crianças não podem se controlar. Nessa idade, os bebês não têm muito autocontrole e você precisa ajudá-los a aprender a não empurrar, bater, morder ou chutar quando estão com raiva. Em vez disso, tente encorajá-los a "usar suas palavras" para expressar seus sentimentos.  

  • Defina as regras da casa. Crie algumas regras simples da casa e ensine-as ao seu filho. Se ele quebrar as regras, seja firme e claro sobre o que ele fez de errado. Lembre-se de que ensinar as regras e fazer com que sejam obedecidas é algo que leva tempo.  

  • Evite usar ameaças. É mais eficaz “pegar” seu filho sendo bom e reforçar o bom comportamento com elogios. Se você notar um mau comportamento, tente ensinar uma maneira alternativa de se comportar em vez de fazer ameaças.  

  • Use distrações. Prevenir escolhas erradas ou mau comportamento nessa idade geralmente se resume a você apresentar alternativas melhores. Por exemplo, se você vir seu filho pegando algo quebrável, como um saleiro e pimenteiro de cerâmica, dê a ele uma alternativa, como uma colher para bater.  

  • Controle seu próprio temperamento. É fácil perder a calma e perder a paciência, mas é importante observar seu próprio comportamento com seu filho. Você é um modelo para o seu filho. Se você puder expressar sua raiva ou frustração de maneira calma e fria, seu filho aprenderá a fazer o mesmo.  

 

Flexible Banner V2