Fazendo sua própria papinha de bebê

Fazendo sua própria papinha de bebê

Sua papinha de bebê caseira é uma alternativa saborosa para as variedades compradas em lojas. Aqui está como começar.

Invista no básico

Você precisará de um liquidificador ou processador de alimentos, uma faca para picar e formas de gelo se você quiser congelar os lotes extras.

Deixe limpinho

O sistema imunológico do seu bebê ainda está em desenvolvimento, por isso, lave e esfregue frutas e legumes antes de cozinhá-los. Mantenha uma superfície de preparação de alimentos limpa corretamente. Jogue fora as sobras que seu bebê deixa na tigela.

Cozinhe o que você come

Se você estiver comendo batata-doce com o seu peixe no jantar, coloque outra batata-doce no forno para o seu bebê. A porção do seu filho não precisa de tempero, e sirva morna (e amassada para os bebês menores) para que ele não queime a boca. Nem toda a sua comida é adequada para seu bebê: espere até que ele esteja um pouco mais velho antes de servir espinafre, beterraba, nabo, cenoura e couve.

Comece aos poucos

Introduza um alimento de cada vez. Esperar pelo menos dois ou três dias antes de introduzir um outro alimento ajuda a monitorar possíveis reações alérgicas.

Tente estes favoritos comprovados para deliciar as papilas gustativas do seu pequeno:

Maçãs e peras

Descasque, retire sementes e, em seguida, asse ou cozinhe no vapor. Processeé até ficar homogêneo e sirva.

Banana verde

Descasque uma banana madura e um abacate. Amasse até ficar homogêneo (não há necessidade de cozinhar!).

Se seu bebê não ingerir sólidos de imediato, não se preocupe muito: seu leite materno ou leite artificial é a sua principal fonte de nutrição para o primeiro ano de qualquer maneira. Por enquanto, apenas curta apresentá-lo ao mundo maravilhoso dos alimentos.

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Premium Care

A fralda mais sequinha e mais macia do Brasil