O primeiro dentinho do seu bebê e a cronologia completa

Os primeiros dentes do bebê geralmente surgem por volta dos 6 ou 8 meses de idade e é um marco na vida de toda criança.

Nenhum de nós quer que seus filhos cresçam  rápido demais, mas há muitas maravilhas ao longo do caminho, e o primeiro dentinho do seu bebê é um marco emocionante.

Em geral, a dentição do bebê pode iniciar-se a qualquer momento entre os 3 e os 12 meses de idade. (Você sabia? Um pequeno número de bebês – 1 em 2,000 – poderá nascer já com um dente!)

Alguns bebês passam pela dentição sem qualquer sintoma, enquanto outros podem apresentar sinais de que um dente está a caminho; procure pelos sinais de dentição, como baba constante.

Como a maioria das coisas relacionadas ao desenvolvimento do bebê, a cronologia da dentição difere de criança para criança. Em regra , uma vez que seu bebê inicia a dentição, cerca de 4 dentes irão romper a cada 6 meses. Estes primeiros dentes são geralmente conhecidos como dentes primários ou de leite, e eventualmente serão substituídos pelos dentes permanentes de adulto, quando ele tiver entre 6 e 12 anos.

É provável que você veja que os primeiros dentinhos do seu bebê surgirem entre os 4 e os 7 meses, sendo que os dentes inferiores frontais (os incisivos centrais) tendem a aparecer primeiro. Geralmente seguem-se os seus pares equivalentes no maxilar superior.

Os dentes podem romper mais ou menos em pares, com os laterais superiores e inferiores surgindo entre os 9 e os 16 meses, seguidos pelos caninos, que provavelmente surgirão antes do seu bebê chegar aos 2 anos. Os últimos a surgir são os molares, que geralmente não se rompem até pouco antes dos 3 aninhos do bebê. Embora as meninas tendem a iniciar a dentição antes dos meninos, é provável que a maioria das crianças tenha um conjunto completo de 20 dentes até chegar aos 3 anos.

O rompimento dos dentes não é um esporte competitivo e os dentes do seu bebê surgirão quando estiverem prontos. Por isso, não se preocupe se os filhos das suas amigas ganham dentes antes do seu bebê.

Lembre-se que os bebês podem mastigar mesmo sem dentes e é importante estar sempre atento ao risco de engasgo e supervisioná-los enquanto comem. Mesmo com uma dentição completa, determinados alimentos apresentam risco de engasgo, as uvas por exemplo devem ser sempre cortadas em quatro (de forma longitudinal) antes de serem servidas a crianças pequenas.

Procure não se preocupar. Ao invés, curta cada marco emocionante do desenvolvimento deles. Pode ter a certeza que os dentes do seu bebê surgirão quando estiverem prontos.

Dentição e Assaduras – Mito ou Realidade?

 O pediatra americano Dr. Tom DeWitt diz que dentição, assaduras e fezes moles podem acontecer ao mesmo tempo, mas provavelmente não estão relacionadas. Diarréia durante a dentição não é um efeito secundário esperado. Se o seu bebê tiver diarréia com o rompimento dos dentes, observe atentamente para ver se há sinais de desidratação e contacte o seu médico se ele tiver febre alta (38.8 graus C) ou se apresentar sangue ou pus nas fezes. 

Para mais informações sobre o assunto, leia ou assista os nossos conteúdos relacionados:

  1. Como cuidar dos dentinhos do seu bebê 

  2. 4 maneiras de aliviar nascimento dos dentes 

  3. Como aliviar o desconforto da fase da dentição do bebê

Flexible Banner V2

Sobre o conteúdo publicado aqui

As informações deste artigo são baseadas nas recomendações de especialistas encontradas em fontes rigorosas: médicas, institucionais e/ou governamentais. Sob nenhuma circunstância o conteúdo desta página deve substituir as sugestões médicas e/ou especializadas. É responsabilidade do leitor sempre recorrer a profissionais para orientação precisa. Para mais informações sobre nossas diretrizes editoriais, consulte a seção Ética Editorial de Pampers®.