Como brincar com crianças pequenas: aprendendo através de brincadeiras e jogos

Como brincar com crianças pequenas: aprendendo através de brincadeiras e jogos

Ao assistir sua criança brincando, você pode descobrir como ela pensa, o que ela está aprendendo e como o mundo, incluindo você, está influenciando-a. A janela para essas ideias é a brincadeira.

A experiência "Bebê X"

Na década de 1970, a psicóloga Phyllis Katz realizou o que hoje chamamos de experiência "Bebê X". Ela colocou três brinquedos em um quarto: uma pequena bola de futebol, uma boneca de menina e um brinquedo de gênero neutro. Ela vestiu uma criança de três meses de idade com um macacão amarelo sem adornos e trouxe vários adultos (os sujeitos do experimento) para o quarto para conhecer o bebê. Alguns dos adultos foram informados de que o bebê era uma menina chamada Maria; outros foram informados de que o bebê era um menino chamado João. A maioria dos adultos que pensaram que o bebê era uma menina deram-lhe a boneca para brincar. A maioria dos que acreditavam que o bebê era um menino deram-lhe a bola de futebol.

Debate

O estudo Bebê X provocou muita discussão acalorada sobre estereótipos de gênero. No entanto, quando a Dr. Katz repetiu a experiência 10 anos depois, ela obteve os mesmos resultados. Além do mais, apesar de grandes esforços para a igualdade de gênero nos últimos anos, se você andar em uma típica pré-escola americana, não conseguirá adivinhar quais crianças estarão escovando o cabelo da Barbie e qual estará batendo caminhões de brinquedo.

Brinquedos de menino contra brinquedos de menina: superando estereótipos

Você deveria se preocupar se o seu filho deseja ou brinca principalmente com brinquedos tipicamente associados com o seu gênero? Provavelmente não, mas incentive o jovem a brincar com uma variedade de brinquedos, incluindo aqueles geralmente ligados ao sexo oposto. Não é sobre os brinquedos em si, mas as habilidades subjacentes que ajudam as crianças pequenas. A brincadeira de fantasia associada com bonecas ajuda meninas a se tornar sofisticadas em habilidades utilizadas nas relações interpessoais, especialmente cuidado e empatia, mas elas raramente são tão reconhecidas quanto as habilidades matemáticas e visuais-espaciais aprendidas ao brincar com "brinquedos de menino", como blocos e carros.

Fantasia versus realidade: o melhor de dois mundos

Outra maneira em que cada brincadeira de criança se difere é se é baseada na realidade (como jogos de tabuleiro e esportes) ou fantasia (como brincar de casinha ou fingir viajar através do tempo e espaço). Geralmente, filhos mais velhos ou filhos únicos parecem fantasiar mais, talvez por passarem mais tempo sozinhos. Eles também são mais propensos a ter amigos imaginários.

Ter uma vida de fantasia ativa também parece ajudar a desenvolver, ou pelo menos refletir, habilidades intelectuais mais altas. Quando seu filho imaginar que uma bola de golfe é um talismã mágico e decide o que fazer com ela (salvar a princesa? Lutar contra o dragão? Conjurar sundaes?), ele está usando fantasia para considerar as implicações de escolher diferentes opções. Fantasias também são uma excelente maneira para uma criança entrar em acordo com as coisas que a desafiam, assustam ou a confundem. Por exemplo, uma criança de três anos que está incomodada com o barulho feito por um caminhão grande pode dominar os seus medos fingindo que o bloco de madeira que ela está segurando na mão é um caminhão ainda maior e mais assustador.

Brincadeiras com a realidade, por outro lado, podem ajudar uma criança a aprimorar suas importantes habilidades sociais. Um jogo de tabuleiro dá a uma criança em idade pré-escolar a prática de revezar. Atividades esportivas ensinam as noções básicas de trabalho em equipe e a compartilhar responsabilidades.

Envolvendo-se

O que você pode fazer para ajudar seu filho a experimentar novos tipos de jogos? A coisa mais simples é se envolver. Se você começar a brincar com uma casa de papelão, seu filho não será capaz de resistir. Quanto mais você tentar se envolver e brincar com o seu filho, mais você o entenderá e se conectará.

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Pants

Até 12h* sequinho, fácil de pôr e tirar