Parabéns! Você chegou nas suas 6 semanas de gravidez. Seu corpo estará mudando e seu bebê estará crescendo. Sabemos que é normal ter muitas dúvidas, mas estamos aqui para te ajudar. Separamos os melhores conselhos, dicas e informações sobre o crescimento do seu bebê dentro de sua barriga. 

Desenvolvimento do bebê em suas 6 semanas de gravidez 

6 semanas de gravidez: aceleração do crescimento do feto 

O desenvolvimento do bebê com 6 semanas de gestação, é marcado pelo início do desenvolvimento dos órgãos como pulmões, fígado, intestino e rins do embrião. Além disso, os braços e as pernas já estão mais desenvolvidos e também há início da formação dos olhos e de pequenas dobras de tecido que vão formar as bochechas, a mandíbula e o queixo do bebê. Leia mais sobre Gravidez!  

A região cefálica se desenvolve consideravelmente e o embrião assemelha-se a um girino. O coração bate por si próprio fazendo circular o sangue por todo o corpo.  

O tecido muscular e ósseo estão se formando cobertos por uma fina camada de pele, e a coluna vertebral se estende dando um aspecto de uma pequena cauda que desaparecerá em algumas semanas. 

Durante essa fase, os pulmões, os rins, o fígado e outros órgãos do sistema digestivo, reprodutivo e urinário também começam a se formar. 

6 semanas de gravidez: Hora de ir ao médico

O tamanho do embrião com 6 semanas de gestação é de 4 a 6 milímetros, sendo equivalente ao tamanho de uma semente de romã. 

Nesta fase da gestação, se a mulher tiver suspeita de infecção urinária, com sintomas de ardor ou queimação quando faz xixi, deve consultar o médico para fazer exames como urina de rotina ou urocultura e iniciar o tratamento mais adequado.  

Além disso, para mulheres que ainda não consultaram o médico após a confirmação da gravidez, é importante marcar a consulta pré-natal e fazer os principais exames indicados nesse período. 

Na 6ª semana de gestação é importante estar atenta ao uso de medicamentos, evitando seu uso ou utilizando somente os remédios recomendados pelo médico, pois nesta fase os braços, pernas e órgãos do embrião em formação, são muito sensíveis a certos medicamentos que podem atravessar a placenta e causar defeitos no bebê.  

É muito importante ir ao médico e acompanhar o crescimento do bebê, além de monitorar os sintomas e prever possíveis problemas de saúde. Para saber mais leia nosso artigo: Encontrando um bom Obstetra  

Seus sintomas nas 6 semanas de gravidez

6 semanas de gravidez: mudanças em seu corpo

Seus seios podem estar sensíveis ou formigando por causa do aumento do fluxo sanguíneo; isso é apenas o seu corpo se preparando para amamentar.  

Nessa fase da gravidez o nível de progesterona do seu corpo aumenta, o que pode deixar o seu trato digestivo mais lento. Por esse motivo, algumas mulheres podem ficar constipadas, isso é normal.  

Como comentamos antes, durante a gravidez existe uma grande mudança hormonal no seu corpo. Além dos enjoos, essas alterações podem deixar você bastante cansada e fazer o seu humor mudar constantemente. Fale com o seu médico sobre o seu nível de ferro, o cansaço pode aumentar se ele estiver baixo. 

Exercícios regulares, uma dieta equilibrada com alimentos ricos em fibras e boa hidratação podem ajudar nesse problema. 

 5 semanas de gravidez: os resultados 

Um teste de gravidez caseiro deve mostrar um resultado positivo graças ao hormônio gonadotrofina coriônica humana (hCG) liberado pela nova placenta. Esse mesmo hormônio é amplamente responsável pela náusea, ou enjoo matinal, que muitas mulheres experimentam no primeiro trimestre. 

A maioria dos testes de gravidez são precisos após a primeira menstruação atrasada, mas podem ocorrer falsos negativos. Se você teve uma menstruação atrasada, mas um teste de gravidez caseiro deu negativo,é melhor consultar seu médico.  

Ao final do 2º mês, é possível saber o sexo do bebê através do exame de sexagem fetal, feito através da análise de uma amostra de sangue materno. 

5 semanas de gravidez: Aliviando os enjoos

O enjoo na gravidez é um sintoma normal e pode ser tratado com medidas simples e caseiras.  Leia também: Gravidez saudável  

Geralmente, o enjoo é mais frequente pela manhã ou pode ocorrer várias vezes ao dia e estar associado a vômitos. Esse desconforto pode ser sentido pela maioria das grávidas no primeiro trimestre e tende a desaparecer após essa fase da gestação. No entanto, em alguns casos, o enjoo também pode durar toda a gravidez.  

Algumas formas naturais para aliviar os enjoos na gravidez são 

  1. Beber chá de gengibre  

  2. Chupar picolé de limão 

  3. Comer alimentos frios 

  4. Comer bolacha de água e sal  

  5. Beber 2 litros de água por dia 

Dicas para a mamãe 

  1. É um bom momento para começar a praticar atividades físicas como hidroginástica ou caminhada, sempre orientadas pelo obstetra. Isso ajudará a melhorar o tônus ​​​​e a força muscular, além de apoiar o corpo a lidar com as mudanças. 

  2. Quer saber a data de nascimento do seu bebê? Conheça a calculadora de gravidez Pampers®. 

  3. Assim que confirmar a gravidez, é necessário marcar uma consulta com o obstetra para definir o pré-natal da gravidez, esclarecer dúvidas e cuidados durante a gravidez. 

Frase de apoyo:  Pampers®  desfruta dessa linda jornada com você, conte com a gente!
Flexible Banner V2

Fontes

Sobre o conteúdo publicado aqui

As informações deste artigo são baseadas nas recomendações de especialistas encontradas em fontes rigorosas: médicas, institucionais e/ou governamentais. Sob nenhuma circunstância o conteúdo desta página deve substituir as sugestões médicas e/ou especializadas. É responsabilidade do leitor sempre recorrer a profissionais para orientação precisa. Para mais informações sobre nossas diretrizes editoriais, consulte a seção Ética Editorial de Pampers®.