Sétimo mês de gravidez O mês dos desafios

Desafios da reta final dos 7 meses de gravidez

Semana de gestação: 28 semanas

Equivale ao mês: início do 7º mês

Equivale aos dias: 190 a 196 dias de gestação

Na 28ª semana de gestação, o desenvolvimento do bebê é marcado pelo rápido crescimento do cérebro, que começa a formar dobras permitindo aumentar a área de contato entre os neurônios e formar novas conexões entre eles. O bebê já está mais ativo, reconhece a voz da mãe e reage aos sons e luz, movimentando-se cada vez mais em resposta a esses estímulos externos.

Esta é a semana que marca o início do terceiro trimestre da gestação e a mulher pode apresentar sintomas como coceira ou estrias na barriga, ou dificuldade para dormir devido ao tamanho da barriga em crescimento.

Sintomas comuns do sétimo mês de gravidez

Nesse estágio do terceiro trimestre, é comum sentir os efeitos da barriga cada vez maior e do progresso da gravidez. Os sintomas podem ser:

  • Dor nas costas

  • Fadiga

  • Mãos e pés inchados

  • Queimação

  • Estrias

  • Coceira

  • Câimbra nas pernas e pés

  • Ondas de calor

  • Necessidade de urinar frequente

  • Falta de ar

  • Alterações de humor

  • Insônia

  • Contrações de Braxton Hicks

Lembre-se, todas as mulheres são diferentes e talvez você não sinta todos esses sintomas. Alguns sintomas da gravidez que às vezes preocupam as futuras-mamães podem ser:

  1. Estrias: No sétimo mês de gravidez, sua barriga ficará maior a cada dia. Como resultado, talvez você fique com estrias em sua barriga, peitos, coxas e nádegas. Em muitas mulheres, asestrias têm a aparência de linhas rosadas ou avermelhadas que aparecem na pele, mas depois do parto, elas geralmente vão desbotando com o tempo. Uma dieta saudável durante a gravidez e o ganho de peso gradual e correto durante a gravidez podem ajudar reduzir a probabilidade do surgimento de estrias.

  2. Coceiras: Conforme a pele estática, ela também pode coçar. Passe óleos ricos em vitamina E, ou hidratantes suaves e tome banho com água morna, pois a água muito quente tem um efeito de ressecamento da pele.

Mudanças de dentro pra fora aos 7 meses de gravidez

Os incômodos físicos aumentam com o peso. Mas não apenas o corpo é afetado, mas diversas outras preocupações podem tomar conta do psicológico. O parto que se aproxima e relações sexuais durante a gravidez são apenas algumas delas. Enquanto isso, o feto continua a se preparar para o nascimento. Além disso, o peso do útero, a mudança da curvatura do corpo, e o afrouxamento das articulações para preparar o corpo para o parto, podem causar dor nas costas ou dor pélvica.

Nesse momento o desenvolvimento de seu debê está a todo vapor. A posição cefálica está se preparando para o parto e também começa a “descer”, pressionando sua bexiga. Esse movimento pode diminuir a pressão sobre seus pulmões, tornando a respiração mais fácil. Os ossos de seu bebê também começam a ficar mais rígidos.

Todavia, o crânio continua flexível, para que o bebê possa passar pelo canal vaginal com maior facilidade. As placas do crânio se sobrepõem durante o parto e por isso alguns bebês nascem com a cabeça em formato de cone. Não se preocupe – o formato da cabeça de seu bebê voltará ao normal dentro de alguns dias.

Mudanças no corpo

Durante o sétimo mês de gravidez, o espaço começa a ficar apertado em seu útero e seu bebê talvez esteja se mexendo menos por causa disso. Porém, você ainda deve sentir alguns movimentos diariamente.

Seu centro gravitacional muda na medida em que a barriga cresce e talvez você sinta instabilidade sobre seus pés, então ande sem pressa. Conforme a barriga aumenta, talvez você não consiga mais se inclinar e seu modo de andar também pode mudar para apoiá-la.

Seus seios vão aumentar e ficar ainda mais pesados. As veias podem se tornar visíveis e a cor de seus mamilos, escurecer.

Principais exames nos 7 meses de gravidez

De acordo com a Drª. Sheila Sedicias , nesta fase da gestação, que corresponde ao início do terceiro trimestre, o médico deve solicitar o perfil biofísico fetal, que é um exame que permite avaliar os movimentos do bebê, e a quantidade de líquido amniótico no útero. Veja como é feito o perfil biofísico fetal.  

Além disso, na 28ª semana de gestação, o médico pode indicar a injeção de imunoglobulina anti-D, para mulheres com tipo sanguíneo Rh-, e parceiro Rh+, ou que tiveram o primeiro com sangue do tipo Rh+ e não se fez a injeção durante a primeira gestação ou até 3 dias após o parto. Essa injeção tem como objetivo evitar a formação de anticorpos contra o sangue do feto, que pode causar eritroblastose fetal. 

Dicas de cuidados no sétimo mês de gravidez

  • Descanse: É importante descansar o máximo possível. Embora talvez você ache difícil dormir com a barriga cada vez maior, tente dormir de lado, ou com travesseiros para se apoiar, como um entre as pernas.

  • Leia sobre parto prematuro: Muitas futuras mamães se preocupam com o parto prematuro e podem, às vezes, confundi-lo com as contrações de Braxton Hicks. Para acalmar seus receios, talvez seja útil se familiarizar com os sinais de parto prematuro, que incluem cólica persistente ou contrações, manchas de sangue pequenas ou sangramento e dor na região lombar. Se estiver preocupada e achar que está em trabalho de parto prematuro, ou tiver perguntas sobre o que está sentindo, consulte seu médico. Leia também nosso artigo: Tudo sobre Nascimento Prematuro

  • Fale com pessoas queridas: Com todos os sintomas da gravidez e a sua mudança de forma, talvez você sinta que perdeu controle sobre seu corpo. É um momento cheio de emoções e esses sentimentos são normais. Tente descansar e relaxar, fale com pessoas queridas sobre como está se sentindo e lembre-se de que não falta muito para acabar.

Para mais informações sobre o assunto, leia ou assista os nossos conteúdos relacionados: 

Se quiser saber mais sobre este assunto, o convidamos a consultar mais informações confiáveis ​​em:

FONTES

Flexible Banner V2