Futura mamãe levantando da cama para urinar

Sintomas de Gravidez: Micção Frequente

Talvez você queira saber se urinar muito é um sinal de gravidez e se essa necessidade de ir ao banheiro com tanta frequência vai passar um dia. A micção frequente é um sintoma do início da gravidez, que pode retornar mais tarde também, pois o seu útero e seu bebê vão crescendo e pressionando a bexiga. Embora seja irritante, na maioria dos casos não há nada com que se preocupar. Continue lendo para entender mais sobre o que causa a micção frequente durante a gravidez e fique de olho nas dicas para ajudá-la a lidar com esse inconveniente e ter certeza de que não está ligado a outra condição, como uma infecção do trato urinário.

O que causa a micção frequente durante a gravidez?

Geralmente, o que faz com que você precise urinar mais é o aumento da quantidade de sangue em seu corpo. Para processar esse fluxo maior, seus rins precisam produzir mais fluidos, que depois acabam em sua bexiga. Embora urinar frequentemente durante a gravidez seja irritante, esse é um sintoma normal. Leia abaixo algumas perguntas frequentes sobre o sintoma:

  • Com qual frequência a mulher urina durante a gravidez? Não há um número padrão para quantas vezes você vai ao banheiro – mas vai acontecer mais vezes do que você está acostumada, simplesmente.
  • Quando a micção frequente começa na gravidez? Em que momento vai começar é algo que varia para cada mulher, mas geralmente a necessidade mais frequente de urinar começa entre as seis e oito semanas de gravidez.
  • Vou precisar urinar frequentemente durante toda a gravidez? Pode ser que a vontade diminua logo depois de entrar no segundo trimestre, mas você talvez note um retorno nos meses finais, pois o seu bebê está crescendo e acaba pressionando sua bexiga. Já no final do terceiro trimestre, quando seu bebê “desce”, o aumento da pressão sobre a pélvis e a bexiga pode fazer com que você precise correr para urinar com ainda mais frequência.
  • Com qual frequência devo ir ao banheiro? Sempre que necessário! É melhor não segurar.

Dicas para lidar com a micção frequente durante a gravidez

Não dá para evitar a micção frequente e você não vai querer, pois ela é uma consequência natural da ingestão de fluidos para ficar bem hidratada e saudável durante a gravidez. Abaixo estão algumas dicas para tornar a vida mais fácil nesse momento:

  • Incline-se para frente quando urinar, para esvaziar a bexiga completamente
  • Para evitar o aumento da micção à noite, tente não beber muita água quando estiver chegando a hora de dormir
  • Evite bebidas e alimentos contendo cafeína, que podem fazer com que você precise urinar com mais frequência
  • Pratique os exercícios de Kegel para fortalecer os músculos de seu assoalho pélvico, pois eles podem prevenir vazamentos quando você tossir, espirrar ou der risadas, antes e após dar à luz (se sentir que vazamentos involuntários ocorrem quando espirra, os absorventes diários podem ser uma boa ideia).
  • Se sua urina estiver amarelo escura ou cor de laranja, é sinal de que você está desidratada – tente aumentar a ingestão de fluidos até que sua urina volte à cor amarelo clara normal
  • Se estiver saindo de casa e souber que vai participar de uma reunião demorada, uma última visita ao banheiro antes de sair talvez seja bom. Também é útil saber onde fica o banheiro mais próximo de onde estiver para não ser pega de surpresa.

A micção na gravidez pode ser sinal de algum problema?

A micção frequente é normalmente um sintoma comum da gravidez, mas às vezes ela pode ser sinal de uma condição que talvez exija tratamento médico. Dentre essas condições estão:

  • Infecção do trato urinário (ITU). Muitas mulheres se perguntam se a micção frequente é parte da gravidez ou uma ITU. Se for uma infecção do trato urinário, talvez você note uma sensação dolorosa de queimação enquanto urina, tenha febre, note a urina turva, ou veja sangue no vaso sanitário. Você também sentirá muita vontade de urinar, mas só sairão algumas gotas. As mulheres grávidas têm um maior risco de ITU da 6a à 24a semanas, pois o útero que cresce pode pressionar o trato urinário, aumentando as chances de infecções bacterianas. Se suspeitar que está com uma ITU, consulte seu médico, pois essa infecção requer tratamento – geralmente com antibióticos.
  • Diabetes gestacional. A micção frequente pode, às vezes, ser um sinal de diabetes gestacional – no geral, esse é um tipo temporário de diabetes que afeta uma pequena porcentagem das futuras mamães. Seu médico fará um exame para detectar a diabetes gestacional entre a 24a e a 28a semanas de gravidez. Se a diabetes gestacional for tratada, a saúde do bebê não sofrerá nenhum efeito adverso e a condição geralmente desaparece depois do parto. Se notar sintomas como a micção frequente, combinada com a sede constante, náusea, ou fadiga, consulte seu médico.

A micção frequente durante o início da gravidez é comum e, no geral, não há nada com que se preocupar. Embora pareça que você está urinando o tempo todo, tenha em mente que isso vai melhorar por um tempo e só retornará quando a gravidez estiver mais adiantada. Quando o bebê tiver nascido, sua necessidade constante de urinar provavelmente desaparecerá e você só vai precisar lidar com a urina de seu recém nascido!