Consulta de rotina do bebê de 3 anos

Dicas de preparo para as consultas de rotina do bebê de 3 anos

É muito divertido levar crianças de três anos para um check-up. Elas têm curiosidade para saber o que está acontecendo e querem cooperar. Elas amam dizer seu nome e idade e contar sobre sua vida ao médico ou à enfermeira. Elas também se interessam pelos seus corpos e não ficam tão na defensiva quanto crianças de dois anos. Tente não marcar a consulta na hora da soneca ou com a barriga completamente vazia; ninguém aproveitará a experiência.

Nessa consulta, o seu médico provavelmente irá:

Pesar e medir seu filho. Clique aqui para conferir nossa tabela de crescimento.

Conferir sua pressão arterial

Fazer algumas perguntas e dar instruções a seu filho. Não tente ajudar sua criança – o médico está interessado na resposta dela. Fique perto dela, para tranquilizá-la, mas veja o quanto ela consegue lidar sozinha.

Seu médico examinará a visão e a audição de sua criança (até agora, ela só deve ter passado por exames de olhos e de ouvido apenas se você ou seu médico suspeitaram de um problema). Avise seu médico se houver histórico familiar de problemas de visão ou de audição na infância.

Alguns médicos conferem amostras de urina. Informe seu médico se urinar for dolorido para seu filho, se estiver gotejando ou se ele não conseguir segurar a urinação, ou se houver voltado a fazer xixi na cama depois de aprender como usar o banheiro.

Seu filho também pode ser solicitado a fazer um desenho, o que fornece valiosas informações sobre o desenvolvimento e o bem-estar de seu filho. Você pode levar também algumas das criações feitas em casa.

O médico  vai querer saber:

  1. O seu bebê foi  atendido por outro médico desde a última consulta? Se foi, por quê? 

  2. Qual foi o resultado dessa consulta, e algum medicamento ou tratamento foi receitado?

  3. Seu bebê pula, chuta uma bola ou anda de triciclos, ou outros veículos para bebês de três rodas?

  4. Ele sabe seu nome?

  5. Ele pode brincar bem com outras crianças?

  6. Suas birras aumentaram?

Converse com o médico quando necessário  

Se seu filho estiver na creche ou na pré-escola, os professores podem ter mencionado suas preocupações. Discuta-as com seu médico.

Se seu filho ainda não estiver na creche ou na pré-escola, e você considerar matriculá-lo, seu médico poderá lhe dar orientações sobre encontrar uma boa escola ou creche.

Se os avós ou outros parentes mencionaram preocupações sobre seu filho, discuta-as com seu médico.

Informe seu médico se seu filho parecer ter problemas para comer ou dormir. Se ele roncar ou tossir à noite, pergunte o que fazer sobre isso.

Diga ao seu médico se você estiver fazendo uma dieta especial, como vegetariana ou de baixo colesterol. Seu médico pode ajudar a garantir que seu filho e toda a família estejam recebendo a nutrição apropriada.

Discuta em que ponto seu filho está no aprendizado do banheiro. Mencione se houve alguma regressão neste tema. Você pode precisar de orientações.

Se tiver problemas com disciplina, discuta-os agora.

Não tenho de perguntar! 

Os temas abaixo são de preocupação especial, então informe seu médico caso seu filho:

Não faça frases com coerência ou não faça perguntas usando quem, o quê, onde, quando e por quê.

Não acompanhar histórias ou não mostrar interesse em livros.

Sempre ficar muito perto da TV ou gostar de volume alto.

Estiver estrábico.

Tiver muita dificuldade em se separar de você.

Não interagir realmente com outras crianças, quando está em grupo.

Estiver infeliz na maior parte do tempo.

Não souber seu nome e idade.

Fale também nesse casos:

Se alguém em sua casa o seu filho tiver alguma doença. Seu filho teve tuberculose, hepatite ou outras doenças infecciosas sérias. Seu filho pode precisar ser examinado ou tratado.

Se houver um surto de diarreia ou de outra doença contagiosa na escola ou creche , ou em seu escritório. Seu filho pode precisar de exames ou vacinas especiais.

Se houve alguma grande mudança em sua família ou nas suas circunstâncias.

Se você não tiver plano de saúde para seu filho.

Finalmente, um check-up de seu filho aos três anos é uma oportunidade para você discutir quaisquer preocupações com seu profissional de saúde e certificar-se de que o seu filho está no caminho certo de seu desenvolvimento. Aproveite a oportunidade!

Para mais informações sobre o assunto, leia ou assista os nossos conteúdos relacionados:

Habilidades motoras finas do bebê

Desenvolvimento: os dois terríveis

Criança pequena: desenvolvendo independência

Flexible Banner V2