Consulta de rotina do bebê: check-up do bebê de 2 meses

Consulta de rotina do bebê: check-up do bebê de 2 meses

Aos dois meses, seu bebê ainda não lhe dá certezas, mas seus hábitos de sono e de alimentação começam a ficar mais previsíveis. Neste momento, a cor natural de seu olho começará a surgir, seu rosto aparentará estar mais fino e seu corpo mais gordo do que há uma semana. O tamanho e altura dele serão o foco desta consulta de check-up, juntamente com a alimentação e o aumento do choro, esperado para esta idade. Também está na hora da primeira série de imunizações.

Nessa consulta, o seu profissional de saúde provavelmente irá:

  • Verificar o peso do bebê, para assegurar que esteja crescendo a uma taxa contínua e saudável.
  • Perguntar sobre a audição e a visão do bebê, assim como o desenvolvimento de novas habilidades
  • Dar algumas explicações sobre o desenvolvimento e o comportamento do seu bebê nesta idade.
  • Aplicar em seu bebê a primeira grande série de imunizações.
  • Fale sobre todas as preocupações menores com saúde, por exemplo, como aliviar a crosta láctea ou a erupção cutânea causada por fraldas.
  • Responda todas as questões sobre amamentação que você possa receber.
  • Fale sobre como você pode lidar com doenças menores em casa.

O que o seu profissional de saúde vai querer saber

  • O seu bebê foi atendido por outro profissional de saúde desde a última consulta? Se foi, por quê? Qual foi o resultado dessa consulta, e algum medicamento ou tratamento foi receitado?
  • Seu bebê levanta a cabeça quando você o coloca de bruços?
  • Ele usa seus antebraços para elevar seu peito quando colocado no chão?
  • Seu bebê sorri sozinho?
  • Ele emite sons quando você fala com ele?
  • Ele levanta as pernas quando está de costas?
  • Ele levanta sua cabeça com mais firmeza quando você o coloca em seu ombro ou o levanta?
  • Ele dorme mais à noite e menos durante o dia?
  • Ele chora mais no final do dia? Nesta fase, todos estes comportamentos são esperados.
  • Há alguma tensão ou mudança especial em casa, incluindo social ou financeira?

Converse sobre isso

  • Pequenos hábitos
    Como seu bebê está comendo? Como ele está dormindo? Quais são padrões de choro dele? Discuta estes temas com seu médico. Se seu bebê parece estar especialmente agitado, seu médico poderá lhe mostrar modos para acalmá-lo.
  • Voltando ao trabalho
    Se você deve voltar ao trabalho em breve, discuta com seu médico como fazer a transição mais tranquila para você e seu bebê.
  • Discuta conselhos confusos ou contraditórios
    Todos têm teorias sobre como cuidar de uma criança, mas seu médico é quem você deve consultar para ouvir as recomendações mais atualizadas.
  • Vida em família
    Discuta como a sua família está se adaptando à vida com o novo bebê, e informe todos os problemas com irmãos que estejam difíceis de gerenciar.
  • Saindo de casa
    Se você ainda não saiu de casa com seu bebê, discuta isso com seu médico.
  • Você está pronta para cuidar de doenças menores ou da febre que segue às injeções em seu bebê? Obtenha instruções antes de ir embora.

Expresse-se livremente!

Muitos pais percebem mudanças na visão e na audição de seu bebê por volta desta idade. Fale com seu médico sobre todas as preocupações que tiver. Seu médico se interessará em saber se seu bebê:

  • Não olhar ou acompanhar você com os olhos, enquanto você se move de lado a lado dentro de seu alcance de visão. Nesta idade, a visão do bebê alcança de 15 a 45 centímetros.
  • Não se volta para as vozes, especialmente a sua ou de pessoas familiares, como cuidadores ou outros parentes.
  • O bebê não sorri em resposta a você ou a outras pessoas
  • Ainda se sente tão mole que parece escorregar de suas mãos, ou a cabeça do bebê ainda pende muito.
  • Move-se de forma desigual ou move uma perna ou braço mais do que os outros.
  • Tem algum problema com seus olhos, particularmente se lacrimejam ou têm pus. Ele pode estar com o canal lacrimal obstruído ou estreito, o que requer atenção.
  • Não emite sons.
  • Não fica alerta por mais de 30 minutos por vez.
  • Não possui plano de saúde. Há programas disponíveis para obter cobertura.

Se as coisas não estão se encaixando para você, como mãe, ou não melhoraram desde o último mês, informe seu médico. Se você estiver deprimida, seu bebê poderá ser influenciado por isso, o que poderá afetar seu desenvolvimento. Seu bebê precisa que você esteja no seu melhor, para seu próprio crescimento mental e emocional, então obtenha ajuda. Você pode pedir indicações ao seu médico ou ao seu hospital.

Finalmente, lembre-se de que todo bebê é diferente e se desenvolve em seu próprio ritmo. Falar com seu médico, se você tiver alguma preocupação, pode ser apenas a certeza de que os novos pais precisam.

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Recém-Nascido

Nossa fralda mais seca e mais suave