Futuros papais: Preparando-se para virar pai

Futuros papais: Preparando-se para virar pai

Embora as grandes mudanças na futura mamãe sejam óbvias, um pai também muda muito enquanto espera pela nova chegada. É hora do ajuste, enquanto ele muda sua autoimagem e seu relacionamento com sua esposa e os outros filhos para dar espaço a outro filho.

Alguns pais mudam a aparência, deixando a barba crescer, por exemplo; outros pegam um segundo trabalho, para garantir que podem sustentar sua família que está crescendo. Outros ainda consertam a casa ou assumem um novo projeto. Todos pensarão sobre seus próprios pais e se perguntarão se serão iguais ou diferentes deles. A maioria fica bem ansiosa, embora os homens não demonstrem. Estes sentimentos reprimidos criam a energia para fazer o ajuste, ligar-se ao bebê e se tornar o pai do que ele precisará. Então, não se preocupe.

Um pai é a uma pessoa muito importante na vida do filho, antes que o bebê nasça. Muitos pais "brincam" com seus bebês antes do nascimento, falando e cantando para eles ou massageando suavemente o abdome da mãe. O bebê reconhecerá a voz do pai no nascimento, se ele estiver bem perto.

Bebês com pais envolvidos apresentam todos os tipos de benefícios. É mais fácil tanto os meninos quanto as meninas nascer, manter uma autoimagem melhor enquanto crescem e ter melhor desempenho escolar se o pai estiver envolvido.

Pais não são mães (e nem queremos que sejam!)

Os pais oferecem aos bebês um tipo de interação que não é o mesmo que eles obtêm das mães. Com 4 semanas de idade, um bebê reage de forma diferente à visão do pai. Ele se joga para frente e seu rosto ganha um ar ansioso: sobrancelhas levantadas, boca aberta e olhos brilhantes. O bebê está pronto para brincar. Os jogos, as histórias, os cumprimentos e as risadas que compartilham são bem diferentes daqueles entre a mãe e o bebê.

Pais e mães têm frequentemente estilos especiais de cuidar dos filhos. Eles dão visões de vida diferentes ao filho e aportam diferentes habilidades. Ambos treinam na prática, ao cuidar do bebê com seu próprio estilo, aprendendo com seus erros. Pai e mãe precisam de tempo para testar estas novas habilidades.

Além de comparecer a cursos pré-natal e ler sobre o tema, os pais podem responder a estas questões como um meio para começar a pensar sobre a paternidade:

  • Como você brinca ou conforta seu bebê no útero? Como ele reage? Você tem uma canção especial para ele?
  • Qual é o grau de envolvimento que você quer ter com o cuidado físico do bebê? Quais tarefas de cuidar do filho você deseja fazer? Quando as fará?
  • Quais coisas de seu próprio pai você quer imitar? Quais coisas você quer fazer diferente?
  • Você mudou sua aparência? Qual é a sua própria imagem de um bom pai? * Seu bebê terá seu nome, usará suas roupas de criança, brincará com seus brinquedos velhos? Ou você quer começar do zero?

Os pais oferecem aos seus bebês um tipo de conexão diferente. Como pai, quanto mais você brincar, aprender e interagir com seu bebê, mais íntimo dele você ficará.

 

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Recém-Nascido

Nossa fralda mais seca e mais suave