Sinais de trabalho de parto prematuro: Sintomas e causas

Sinais de trabalho de parto prematuro: Sintomas e causas

Você provavelmente já ouviu falar que à medida que se aproxima da data do nascimento, o seu útero se contrai ocasionalmente enquanto cresce, estica e "treina" para dar à luz. Essas contrações de treino são chamadas de contrações de Braxton-Hicks e são perfeitamente normais.

No entanto, cerca de 10 por cento das mulheres grávidas passam por contrações de trabalho de parto prematuro. Ao contrário de Braxton-Hicks, as contrações de um parto prematuro são coisa séria. Elas indicam que o seu trabalho de parto está começando antes do seu bebê estar pronto para nascer.

Como você pode saber se está tendo contrações Braxton-Hicks ou um trabalho de parto prematuro? As diferenças estão principalmente na frequência, intensidade e duração. Aqui está ao que ficar atenta:

Contrações de Braxton-Hicks

Você começará a notar as contrações de Braxton-Hicks em seu terceiro trimestre. Elas podem parecer um aperto geral do seu útero, quase como se estivesse se fechando; ou elas podem parecer como se o bebê estivesse dando uma cambalhota. As contrações geralmente não são dolorosas e quase sempre param depois de uma hora ou mais. Embora todas as mulheres tenham Braxton-Hicks, nem todas as mulheres as sentem, particularmente com seu primeiro bebê. Portanto, não se assuste se você nunca as sentiu.

Sintomas do parto prematuro

As contrações do trabalho de parto prematuro podem ocorrer a qualquer momento entre a 20.ª e a 37.ª semanas da gravidez. Elas não param, e podem se tornar mais frequentes, regulares e desconfortáveis ao longo do tempo.

Sinais do trabalho de parto prematuro para prestar atenção:

  • Cólicas parecidas com as menstruais acima do osso púbico
  • Pressão ou dor na pélvis, coxas ou virilha
  • Dor seca na lombar ou pressão nas costas
  • Cólicas intestinais ou diarreia
  • Aumento do corrimento vaginal
  • Líquido aquoso, corrimento rosado ou marrom, ou sangue saindo pela vagina

Se você sentir algum desses sintomas, ou mais de quatro contrações em uma hora, chame o seu médico imediatamente. Pode ser pedido que você vá ao hospital para ser examinada, ou o seu médico pode querer que você cronometre as contrações. Você pode sentir as contrações (seu útero apertando e relaxando) colocando as pontas dos dedos levemente em seu abdômen.

Parando o parto prematuro

Se você começar o trabalho de parto prematuro, o seu médico sugerirá maneiras de pará-lo, como repouso e beber muito líquido.

Se as contrações continuarem, você pode ser internada no hospital para que o seu médico possa acompanhá-la mais de perto.

Prevenindo o parto prematuro

Você também pode tomar precauções que podem ajudar a impedir o parto prematuro de começar.

  • Beber oito doses de suco ou água a cada duas horas para evitar a desidratação, o que poderia deixar seu útero mais "irritado".
  • Ter uma dieta saudável e ganhar de 10 a 15 quilos durante a gravidez
  • Sempre limpe da frente para trás após urinar ou evacuar, para evitar uma ITU (infecção do trato urinário).
  • Sente-se com as pernas elevadas mais ou menos a cada uma hora, e não levante objetos pesados.
  • Pare as atividades físicas e descanse se tiver contrações que não parem dentro de um curto espaço de tempo.
  • Tente diminuir o estresse em sua vida.

A maioria das mulheres experimenta apenas contrações de Braxton-Hicks, mas sempre cuide bem de si mesma e não deixe de contatar o seu médico caso algo incomum aconteça.

Também podem te interessar:

Fraldas

Pampers Recém-Nascido

Nossa fralda mais seca e mais suave