topimage-size1200x304-3

Para muitas futuras mamães, o segundo trimestre é a fase mais agradável e confortável da gravidez. Os enjoos matinais provavelmente já se foram e você ainda não tem o desconforto físico de um barrigão e do peso extra do bebê. Poucos aspectos podem ser desconfortáveis, mas ainda assim podem existir. Os vilões mais comuns no segundo trimestre são constipação, hemorroidas e dor no ligamento redondo do útero.

Enquanto isso, seu pequenino continua a crescer e se desenvolver e, se você for como muitas mulheres grávidas, talvez tenha a sorte de se sentir mais energética durante as semanas 14 a 27.

O desenvolvimento do bebê no segundo trimestre

No segundo trimestre da gravidez, o desenvolvimento continua em cima da base do primeiro trimestre. Durante este trimestre, o bebê, que era do tamanho de uma nectarina, cresce e chega ao tamanho de uma couve-flor. Esse salto no desenvolvimento se torna mais visível com o crescimento de sua barriga e mais tangível com os movimentos que você começa a sentir no segundo trimestre.

Cada semana do segundo trimestre da gravidez trará algo novo. Na 14a semana, por exemplo, seu bebê começará a praticar a sucção e o movimento de engolir (talvez comece até mesmo a chupar o dedo nesse estágio inicial), e as características faciais, como os olhos e as orelhas, começarão a tomar suas posições normais. No sexto mês da gravidez, o batimento cardíaco de seu pequeno será alto o suficiente para ouvi-lo com o estetoscópio. Ele também começará a desenvolver o ciclo sono-vigília e pode ser que tenha uma posição preferida para dormir. Seus ouvidos estarão suficientemente desenvolvidos para ouvir, então sinta-se à vontade para cantar ou ler para ele.

O que esperar no segundo trimestre

Muitas coisas empolgantes acontecem nas semanas do segundo trimestre. Em algum momento, por exemplo, sua linda barriga começará a aparecer. Outro acontecimento do segundo trimestre da gravidez é que você poderá sentir a primeira vez que seu bebê se movimenta. Entre as semanas 20 e 27, você provavelmente notará que o bebê está bastante ativo. Isso acontece por que ele ainda tem espaço na sua barriga para dar seus saltos, antes de ficar um pouco mais apertado no final do terceiro trimestre.

Junto com palpites não solicitados de estranhos, você também pode se deparar com alguns sintomas do segundo trimestre. Dentre eles, você pode sentir falta de ar, tontura, dores nas costas, pressão alta, constipação, hemorroidas, dor no ligamento redondo do útero e insônia. Detalhamos abaixo alguns dos sintomas mais comuns da gravidez, que frequentemente ocorrem durante esse trimestre, com algumas dicas úteis:

  • Combatendo a constipação A mudança nos hormônios durante a gravidez diminui a atividade no seu trato gastrointestinal. Além disso, conforme o bebê cresce, seu intestino grosso fica comprimido, podendo levar à constipação. A boa notícia é que pequenas mudanças em sua dieta podem ajudar, então beba muita água e coma mais fibras (como ameixas, barrinhas de cereal, saladas, arroz integral, pão, frutas como melão, melancia e abacaxi, castanha do pará e água de coco).Faça exercícios diariamente. Leve em consideração sua forma e como você está se sentindo, mas lembre-se: mesmo uma caminhada de 15 minutos ajuda a melhorar a circulação e fortalecer os músculos. Não tome laxantes vendidos sem receita médica, fale com seu médico.

  • Ajuda para hemorroidas As hemorroidas são veias no reto que incham, algo muito comum durante a gravidez, devido à pressão nessa área. As hemorroidas tendem a piorar conforme o bebê cresce, então tratá-las desde os primeiros sinais de desconforto pode ajudar a mantê-las sob controle mais tarde. Evite ficar de pé por períodos longos e tente um banho morno para aliviar a dor. A prevenção da constipação é importante, pois quanto menos força você tiver de fazer (e se suas fezes estiverem com consistência normal) melhor será. Se nada funcionar, fale com seu médico sobre opções de medicamento.

  • Dor no ligamento redondo do útero Se você sentir dor ou cólicas na região da pélvis, pode ser dor no ligamento redondo do útero. À medida que o útero cresce, os ligamentos que o seguram no seu abdome têm de esticar, e isso pode causar dor. Infelizmente, não há muito o que se possa fazer para aliviar a dor no ligamento redondo, mas se a dor ficar intensa, entre em contato com seu médico. Dor na pélvis ou no abdômen durante a gravidez também pode ser sinal de uma possível complicação, portanto seu médico é a melhor pessoa para avaliar se a dor é algo mais sério.

Mesmo estando grávida há algum tempo, você ainda está se ajustando. Assim, é completamente natural passar por alterações de humor. Veja pelo lado positivo: depois de todas alterações do segundo trimestre, você já estará na reta final – o terceiro trimestre.

O que ter em mente para o segundo trimestre

Mais ou menos na metade da gestação (a 20a semana) você provavelmente fará a ultrassonografia que verificará se está tudo bem com o bebê e a data prevista para o parto. Alerta de spoiler: se quiser, você também poderá saber o sexo do bebê nessa ultrassonografia.

Continuar com sua dieta saudável de gravidez é importante para o segundo trimestre. Se você estiver com sorte, seu apetite já terá retornado, mas você não deve “comer por dois”.

Use sua energia extra para começar ou continuar sua rotina de exercícios. Fale com seu médico primeiro, mas caminhadas, natação e yoga pré-natal podem ser boas opções de exercício na gravidez.

Quando souber se está esperando um menino ou uma menina (ou até antes), você pode começar a comprar roupinhas e a decorar o quartinho do bebê, além de pensar em nomes, que é algo em que o Gerador De Nomes Para Bebês de Pampers pode ajudar. Divirta-se com os preparativos.