Futura mamãe tirando uma soneca no sofá

Tudo Sobre A Fadiga na Gravidez

É natural sentir-se cansada ao longo de sua gestação, pois seu corpo está se adaptando à tempestade de hormônios da gravidez e às mudanças físicas que vão acontecer até a data do parto. No entanto, a fadiga na gravidez terá altos e baixos ao longo dos trimestres: Talvez você se sinta mais cansada em determinados meses e mais energética em outros. Entenda mais sobre a fadiga na gravidez e o que você pode fazer para se sentir um pouco menos cansada.

Fadiga no primeiro trimestre

No primeiro trimestre, seu nível de progesterona vai disparar e isso pode fazer com que você se sinta sonolenta. Seu metabolismo também vai acelerar e queimar mais energia, o que poderá levar à fadiga no início da gravidez. A pressão arterial mais baixa e o aumento da produção de sangue também sugam sua energia, sem falar na montanha-russa de emoções pela qual você passará durante a gravidez.

Não são só os hormônios que farão com que você se sinta exausta. Outros sintomas da gravidez talvez afetem seu sono, como os enjoos matinais [https://www.pampers.com.br/gravidez/sintomas-de-gravidez/artigo/enjoo-matinal-quando-comeca-e-como-evitar] (que, apesar do nome, também podem surgir à noite) e a micção frequente. Esses dois sintomas incômodos podem impedir que você durma o suficiente para vencer a fadiga.

Fadiga no segundo trimestre

O segundo trimestre é conhecido como o período de lua-de-mel da gravidez por um bom motivo. Seu corpo já vai ter se adaptado à onda de hormônios da gravidez, então você se sentirá menos cansada no segundo trimestre e poderá começar a se preparar para a chegada de seu pequenino. Mesmo que o pior da fadiga já tenha passado nesse momento da gravidez, é possível que você ainda se sinta cansada com frequência, mas tudo bem. É importante ouvir seu corpo e tentar descansar quando precisar de uma pausa.

Fadiga no terceiro trimestre

Quando chegar o terceiro trimestre, é provável que você se sinta exausta novamente, pois seu bebê estará cada vez maior. Talvez você sinta que a barriga e outros sintomas, como as dores de cabeça e a ansiedade, atrapalham as boas noites de sono, sem falar na pressão sobre a sua bexiga, que levará a mais visitas noturnas ao banheiro

Como lidar com a exaustão durante a gravidez

Talvez você sinta que o trabalho extra de seu corpo para manter a gravidez leva ao cansaço. Abaixo, listamos algumas dicas de como aumentar sua energia e lidar melhor com a fadiga:

  • Tenha uma dieta saudável. Às vezes, a fadiga pode estar ligada à deficiência de ferro, então é recomendável comer uma variedade de alimentos, ricos em proteínas e ferro. As vitaminas presentes em frutas, legumes, ovos, nozes e uma grande variedade de alimentos integrais ajudarão a manter sua energia ao longo do dia. Você pode ler mais sobre uma dieta saudável para a gravidez aqui.
  • Se hidrate. Continue bebendo muita água durante o dia, mas diminua a ingestão perto da hora de dormir para não precisar ir ao banheiro a noite toda.
  • Tenha uma rotina para dormir. Tente criar o hábito de dormir e acordar no mesmo horário toda noite e toda manhã. Se sentir que precisa dormir mais, você pode tirar uma soneca durante o dia. O ideal é tentar dormir pelo menos oito horas por noite.
  • Tente ficar confortável na cama. Na medida que a barriga cresce, fica mais difícil encontrar a posição certa para dormir. Deitar sobre seu lado esquerdo pode facilitar a circulação para seu bebê e seus órgãos, vale a pena tentar. Usar travesseiros entre os joelhos, sob a barriga e as costas também pode ajudar. Outra dica é deixar a cabeça elevada.
  • Continue ativa. Praticar atividades físicas regularmente pode não só ajudar a prevenir cãibras nas pernas, mas também trazer uma explosão de energia. Fale com seu médico sobre quais opções de exercício você pode praticar durante a gravidez.

Quando a fadiga é sinal de outra coisa?

Mesmo que, em geral, a fadiga não seja causa de preocupação, às vezes ela pode ser sintoma de uma condição médica que precise de atenção. A gravidez pode aumentar o risco de anemia se você não estiver ingerindo ferro suficiente e a fadiga pode ser um dos sintomas. Seu médico fará um exame de sangue para testar seu nível de ferro.

Se a fadiga vier acompanhada de um sentimento de tristeza e perda de interesse persistentes, pode ser um sinal de depressão pré-natal. De 14 a 23 por cento das mulheres, em média, têm depressão durante a gravidez e isso pode estar relacionado às mudanças hormonais pelas quais seus corpos estão passando. Se estiver se sentindo assim, o melhor é discutir seus sintomas com seu médico.

Sentir-se cansada ou exausta é normal durante a gravidez e é importante cuidar de si mesma e de seu bebê comendo bem e descansando sempre que possível. Não é só seu corpo que está passando por muitas mudanças, sua cabeça também está cheia, pensando sobre seu bebê e sua chegada e tentando deixar a casa pronta, então é natural sentir-se cansada e sonolenta de vez em quando.